Projeto sobre a pMethar vence Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável 2015
PDF Imprimir E-mail

No dia 17 de dezembro foi divulgada a lista dos projetos vencedores do Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável 2015 (8ª edição). Dentre os 5 projetos vencedores está o trabalho desenvolvido pelo Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental (DESA) da UFMG em parceria com a empresa Methanum.

O projeto vencedor foi submetido pelos estudantes de Engenharia Ambiental Augusto Temponi e Catarina Borges, sob orientação do Prof. Dr. Carlos Chernicharo (DESA-UFMG).

O tema do trabalho foi a planta piloto da tecnologia Methanum pMethar, a qual está instalada no campus da UFMG e realiza o tratamento via metanização (digestão anaeróbia) dos resíduos orgânicos gerados no  Restaurante Setorial II (Bandejão da UFMG), visando a produção de biogás, energia térmica e elétrica, água de reúso e biossólido agrícola para uso nas áreas verdes do Campus Pampulha da UFMG.

O trabalho, denominado “Desenvolvimento de Sistema Integrado para Tratamento de Resíduos Orgânicos e Aproveitamento Energético e Agrícola dos Subprodutos Gerados”, explorou o potencial de dos resíduos orgânicos gerados diariamente na produção de refeições na conversão em subprodutos de elevado valor agregado.

Clique aqui para acessar o portal oficial do prêmio e ter acesso à lista completa de vencedores.

Planta piloto da tecnologia Methanum pMethar no campus da UFMG - objeto do trabalho premiado

Última atualização em Qui, 14 de Janeiro de 2016 11:01